ENVIAR CASO

Acessar sistema

Validar documento

previous arrow
next arrow
Slider

 

Especializados na mediação de empresas em crise econômica

 

Busque elementos para requerer a suspensão das execuções contra sua empresa.

 

Quem somos?

O CM-IRB é um centro de mediação altamente especializado na resolução de disputas empresariais relacionadas à dificuldade econômico-financeira, no âmbito pré-processual e processual.

Dispomos de um corpo de mediadores, neutros, imparciais e independentes, capacitados para atuar em mediações complexas envolvendo as dívidas empresarias.

Contamos, ainda, com um corpo técnico altamente qualificado e experiente nas questões empresariais relacionadas à crise financeira, auxiliando à verificação de créditos, a negociação do Plano de Recuperação e demais aspectos relacionados à recuperação de empresas, o qual atua, da mesma forma neutra, imparcial e independente.

 

Vantagens da mediação no CM-IRB.:

Iniciada a negociação perante o CM-IRB, a empresa devedora poderá, através de seu advogado, obter a suspensão das execuções contra ela propostas por até 60 (sessenta) dias.

O investimento para o processo de mediação no CM-IRB é extremamente reduzido, diante das baixas taxas e elevada celeridade, quando comparado ao custo e tempo do processo judicial. O CM-IRB garante sigilo e segurança jurídica às partes, reduzindo eventuais impactos negativos à imagem da empresa devedora com a repercussão de processos de recuperação judicial. 

 

Diferenciais.:

Nossa experiência nos permite entender o anseio do credor e o problema enfrentado pelo devedor, auxiliando-os a encontrar uma solução justa e equilibrada em todas as possíveis etapas de negociação.

A equipe CM-IRB é composta por profissionais especialista no âmbito da insolvência empresarial, aptos a oferecer o suporte necessário aos participantes das negociações, seja no ambiente extrajudicial ou durante o processo judicial.

O CM-IRB prima pela transparência, permitindo o acompanhamento do trabalho dedicado aos mediadores e do corpo técnico bem como pela previsibilidade, permitindo a estimativa do custo que a parte incorrerá durante o processo.

 

Perguntas e Respostas.:

1. Qual o Objetivo da mediação empresarial?

A mediação visa facilitar e equilibrar as discussões e negociações entre empresa devedora, seus credores e terceiros afetados pela situação de crise econômico-financeira.

2. Quem pode solicitar a mediação?

A mediação poderá ser iniciada por solicitação da empresa devedora, de qualquer dos credores, do administrador judicial ou do gestor judicia, por encaminhamento do poder judiciário, de ofício ou a requerimento de qualquer parte no processo judicial, bem como por outros agentes relacionados à insolvência empresarial.

3. A mediação pode ocorrer se já estiver tramitado a recuperação extrajudicial da empresa ou processo judicial de recuperação ou falência?

Sim. A mediação realizada no curso de recuperação extrajudicial, recuperação judicial ou falência da empresa devedora observará a legislação específica, em especial quanto a critérios de fixação de valores, bem como para a formação de lista de credores e negociação das formas de pagamento.

4. Qual o custo do processo de mediação junto ao CM-IRB?

Todos os custos do processo de mediação no CM-IRB estão detalhados na tabela CM-IRB – Tabela de Custos e podem ser facilmente calculados no preenchimento do formulário de inicio da negociação.

5. Quais os documentos necessários para iniciar a mediação junto ao CM-IRB?

Os documentos necessários são elementos básicos para demonstrar a existência de atividade empresarial a preservar, mediante a negociação de dívidas.

(i)   Balanço patrimonial do exercício findo imediatamente anterior ao pedido de início da mediação;

(ii)   Balancete dos três meses anteriores à data do pedido de início da mediação;

(iii)   Indicativos de atividade do período de seis meses anteriores ao pedido de início da mediação.

(iv)   Lista de 3 funcionários ativos; (v)   Lista de Credores, com dados de contato, incluindo endereço de e-mail (conforme planilha modelo); e

(vi)   Comprovante do pagamento da taxa de registro da Mediação, conforme Tabela de Custas e Honorários do CM-IRB.

6. Todos os casos serão aceitos pelo CM-IRB? Para aceitação dos casos, o corpo técnico do CM-IRB avaliará, preliminarmente, em até 3 (três) dias úteis a contar da data do pedido de início da mediação, a viabilidade econômico-financeira de cumprimento de um acordo que possa vir a ser celebrado entre a empresa devedora e seus credores bem como a possibilidade de composição de interesse e observância de preceitos legais ou éticos. Estando presentes estes requisitos mínimos, o caso será aceito.